A noite de Shivaratri

397 0 4

A NOITE DE SHIVARATRI

Shivaratri, ou a noite de Shiva, ocorre na última fase minguante da Lua e acontece a cada mês, no décimo quarto dia depois da Lua Cheia (Chaturdashi, em sânscrito). Nesta fase, a Lua forma em relação ao Sol um aspeto astrológico profundamente benéfico. Conforme o tratado Shiva Purana, a noite de Lua Nova é a noite da Transcendência Divina e consequentemente, um tempo extremamente propício para alcançar estados espirituais excecionais, que, em condições comuns, diz o tratado, só se conseguem após um ano de prática assídua.
A mais forte noite de Shivaratri entre as doze noites que existem no percurso de um ano sucede na Lua Nova  antes do equinócio da primavera e chama-se Maha Shivaratri – A Grande Noite de Shiva, mas podemos aproveitar as energias desta mágica noite em todas as noites de Lua Nova do ano.
O termo sânscrito de Shivaratri tem vários significados. RATRI significa, em termos gerais, “a escuridão da noite”. Contudo, Shivaratri não é ligada à escuridão, mas ao estado especial de sacralidade. A escuridão desta noite é investida com uma grande Graça Divina, o termo Shivaratri significando também “a noite que transborda de Graça Divina”.
A energia específica desta noite gera uma purificação que se manifesta tanto ao nível do ser humano como também em todo o meio ambiente. É por isso que, nesta altura, são recomendadas como práticas espirituais:  a meditação, o jejum, a auto análise e introspeção, a oração, as posturas de yoga, etc. Na noite de Shivaratri é muito fácil manter o silêncio interior, realizar meditações como Laya Yoga (especialmente com mantras que dinamizam a energia de Shiva) ou meditação Hrydaia.  Shivaratri é considerada como a noite da Sublime Alegria, pois uma vida espiritual autêntica é, antes de tudo, alegria. Quanto mais alegria e felicidade emanamos à nossa volta, mais provamos a nós próprios que estamos conectados com a Fonte Suprema e contínua da Alegria e da Felicidade.
Por sua vez, o termo “SHIVA” significa o Benfeitor, Shiva sendo “Aquele que desperta em todos os seres a Consciência Divina e a Beatitude”.
A mente humana é intimamente associada com a energia da Lua. No momento de Lua Nova, a energia lunar é mínima e a sua influência sobre a nossa mente é muito diminuta, portanto, neste período vivenciamos um estado em qual as flutuações da mente são muito reduzidas, sendo assim muito mais fácil de ser controladas através da disciplina espiritual e concentração. Na noite de Shivaratri, a única coisa que nos resta fazer é focar a nossa atenção sobre o Si Eterno, ATMAN.
A lição espiritual oferecida pela noite de Sivaratri é que deveríamos, como seres humanos, procurar sempre a paz interior que é dada pela consciencialização da nossa unidade Divina. Deixamos assim a Graça de Deus manifestar-se nas nossas vidas, eliminando o sofrimento e trazendo Alegria e Felicidade, pois os atributos fundamentais do Divino são: SATYAM, SHIVAM, SUNDARAM, ou seja, a Verdade, a Bondade e a Beleza. A Bondade (SHIVAM) representa o princípio essencial de tudo que pode ser bom e favorável e esta Bondade é sempre associada tanto com a Verdade Eterna (SATYAM) como também com a Beleza (SUNDARAM).


Deixa um comentárioShow Comment Form

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...